Ana Filipa

Sou a Ana Filipa Rebelo. DT1 desde 2019, já descoberto em fase adulta, com 35 anos.

A Diabetes entrou como por surpresa, mas desde o inicio soube que ela iria estar presente em cada percurso, cada vitória ou derrota, em cada alegria e tristeza e eu teria que aprender a lidar com ela.

Acredito que só podemos ser bons em alguma coisa, quando sentimos que fazemos aquilo que nos faz feliz, é por isso, que coloco o meu empenho em todo o que faço na minha vida incluído no cuidado e tratamento da Diabetes.

Desistir não é opção, e penso que devemos estar sempre numa constante procura de informação, explorar novos horizontes e estar abertos de forma positiva as mudanças, sejam elas boas ou menos boas, só assim é que existe evolução.

Afonso Barbosa

Olá, sou o Afonso, DT1 desde os 3 anos de idade.

Descobri a Diabetes em plena pandemia, quando todo o mundo estava na duvida sobre o que nos iria acontecer.

Uns dias difíceis com a mama no hospital e lá voltei a casa com novas rotinas e as canetas de insulina.

Difícil adaptação como em todas as crianças, muitas duvidas sobre o que comer, quais as quantidades de insulina, mas com muita vontade de ter rotinas normais como qualquer criança.

A Diabetes não me limita nem cria barreiras na minha vida diária, os meus pais e quem me rodeia ajudam-me a saber adaptar para que corra tudo bem.

Sou traquina, reguila, brincalhão, muito comilão e acima de tudo com muita alegria para viver.

A Diabetes vai fazer parte do meu crescimento e da minha vida.

Fernando Santos

Encontrei a forma mais fácil de controlar a minha glicemia.
Correr todos os dias faz com que a glicemia estava sob controlo.

O desporto controla a minha diabetes.

#CorrerComDiabetes

Vera Aleixo

Sou a Vera, tenho 41 anos e diabetes há 27 anos. Não gosto de romantizar a diabetes, pois quem vive com este diagnóstico sabe que nem sempre o dia-a-dia é fácil. Exige tempo, aceitação, dedicação, estudo, autoconhecimento, equilíbrio… de nós e dos nossos.

Mas a diabetes também nos trás uma melhor percepção de nós próprios. É com ela que aprendemos e nos educamos a um estilo de vida mais saudável, inserindo na nossa rotina diária cuidados que, eventualmente, sem ela, não teríamos.

Pessoalmente, encontrei na alimentação o meu ponto de equilíbrio na gestão e controlo da diabetes. Esse é também o propósito do meu perfil no instagram: apresentar receitas, numa estratégia nutricional
de baixo consumo de hidratos de carbono, simples, práticas e rápidas para o dia-a-dia, com informação nutricional, que ajude, oriente ou inspire a melhores escolhas alimentares.

Aceitar a diabetes como parte integrante da vida fará toda a diferença na nossa vivência diária. E é isso que pretendo transmitir através do meu perfil…onde mais do que influenciar pessoas, pretendo
inspira-las a viver de forma mais saudável e positiva.

Alexandra Costa

Chamo-me Alexandra Costa, tenho 37 anos e vivo com diabetes tipo 1 desde 1995.
Sou licenciada e mestre em Ciências da Educação, estando atualmente a realizar um doutoramento em TIC em Educação.

Sou mãe de uma linda Alice com 3 anos, que faz de mim a pessoa mais feliz do mundo.
Fui atleta de natação até aos 16 anos, treinava 6 dias por semana, cada treino com a duração de 2 a 3 horas. Depois fui jogadora de corfebol, tendo sido várias vezes campeã nacional, das 3 divisões. Ser atleta e ter diabetes tipo um representa um trabalho redobrado para que consigamos ter o melhor rendimento desportivo possível, algo só alcançável com as glicemias controladas.

Sempre fui tratada como uma atleta em pé de igualdade com os meus colegas e adversários, o que me leva a acreditar que a forma como transmitimos e vivemos a diabetes é o que passa para quem connosco convive. É a melhor forma de dizer não à discriminação, seja positiva ou negativa.

A diabetes faz de mim uma pessoa resiliente e esforçada, que luta pela integração das pessoas com diabetes numa sociedade justa e saudável, com acesso aos tratamentos adequados e a equipas de saúde especializadas que trabalham connosco em equipa.

Lema: Ser feliz com diabetes.
#simtenhodiabetes10